26 fevereiro 2013

Doe-se...


Quando você descobre que tudo o que precisa está dentro de você mesmo, deixa de esperar impacientemente por algo que deseja e passa a doar o que tem. 

A partir daí, cada momento é visto como uma oportunidade de ser doador; não como uma obrigação, mas como um presente. 

Tempo, atenção, orientação, afeto, aceitação, respeito; enfim, todas essas formas de doação, e muitas outras, tornam-se presentes verdadeiros que não precisam de despesa nem embalagem. Doe-se.


Texto de Brahma Kumaris

4 comentários:

Beth Muniz disse...

Oi Josy,
Concordo que o essencial que precisamos deve estar dentro de nós mesmos.
Mas, como humanos que somos, não somos uma ilha de sentimentos isolados.
E em não sendo, necessitamos de complementos que nos façam felizes.
Então, não basta apenas nos doarmos. Precisamos receber doações. Creio que neste sentido, é fundamental alimentar a alma, mas também o corpo. Senão a embalagem não aguenta o peso da caminhada.
Ou então, o único caminho é a canonização...rsrsr
Beijo minha querida.

Josy Nunes disse...

Oi,
Beth,
amiga concordo em gênero, número e grau com o seu comentário, além de doar precisamos receber carinho, atenção, amor, compreensão esse é o combustível que move tudo..beijão e brigadão por comentar.

Luma Rosa disse...

Não taxes a tua bondade com impostos de gratidão. O amor não cobra pedágio, seja a quem for que passe por ele recebendo serviço (Emanuel)

Pode ser o cristão fervoroso, aquele que sabe a bíblia de cor e que não perde uma missa. Mas se não praticar a caridade, não vai pro céu!! :)

Beijus,

Kátia Kappel disse...

JOsy!
Lindo...
Concordo também com os comentários à cima.Precisamos de combustível para viver.
Contudo, a doação espontânea e sincera é altamente compensatória e gratificante.
Às vezes doamos e os beneficiários dessa doação são pessoas muito próximas que amamos e que acabam recebendo através de nossos atos muitas vezes tão pequenos para nós.
Abraço,

Postar um comentário