01 fevereiro 2011

A geografia e a mulher

 

Entre 18 e 25 anos, a mulher é como o Continente Africano: uma metade já foi descoberta e a outra metade esconde a beleza ainda selvagem e deltas férteis.
 
Entre 26 e 35, a mulher é como a América do Norte: moderna, desenvolvida, civilizada e aberta a negociações.
 
Entre 36 e 40, é como a Índia: Muuuiiiittooo Quente, Segura e consciente da sua própria beleza.
 
Entre 41 e 50, a mulher é como a França: suavemente envelhecida, mas ainda desejável de se visitar...
 
Entre 51 e 60, é como a Iugoslávia: perdeu a guerra, é atormentada por fantasmas do passado, mas empenha-se na reconstrução.
 
Entre 61 e 70, ela é como a Rússia: espaçosa, com fronteiras sem patrulha. A camada de neve oculta grandes tesouros.
 
Entre 71 e 80, a mulher é como a Mongólia: com um passado glorioso de conquistas, mas com poucas esperanças no futuro.
 
Depois dos 81, ela é como o Afeganistão: quase todos sabem onde está, mas ninguém quer ir até lá.
 
Geografia do Homem:
 

Entre os 15 e os 80 anos, o Homem é como CUBA: Governado por um só Membro...

Fonte: mensagem recebida via e-mail
Imagens: google

5 comentários:

Daniella Caruso Gandra disse...

Adorei! Tanto é que compartilhei lá no facebook.
Vc já foi até meu blog me fazer uma visitinha? www.qbonecadoll.blogspot.com. beijinho.

Fernandez disse...

Viva La Revolución!!! ;-) rsrsrsrsrs

Fernandez disse...

Viva La Revolución!!! ;-) rsrsrsrsrs

Beth Muniz disse...

Oi querida,
Bem, como ainda estou na puberdade, não estou em cidade nenhuma...kakakakaka
Beijão no coração.

Guilherme disse...

hahahaha sensacional!

Postar um comentário