05 outubro 2010

Meu Robozinho de Estimação

Ter um animal de estimação é o sonho de muita gente por aí. Mas junto com o bichinho todo mundo sabe que vêm algumas coisas desagradáveis, geralmente em duas sílabas, como xixi e cocô. Para quem quer ficar só com a parte limpinha da história foram criados os pets robóticos.

Se os tamagotchis foram febre entre crianças e adolescentes na década de 90, hoje os bichos de estimação teconológicos ocupam espaço no coração de adultos. Perfeitos para quem não tem tempo para cuidar de um animal vivinho da silva, essa nova geração de amigos virtuais são palpáveis e interativos. De focas a dinossauros, passando por coelhos, baratas e até um cachorro que imita gato, nessa feira moderna tem de tudo. Escolha o seu! Sõ não vale chorar quando a pilha acabar!

Pleo (dinosauro) esse adorável dinossauro que reconhece sons, imagens também é sensível ao toque. Ele ainda pede comida, requer atenção, explora ambientes e demonstra muitas emoções.  Onde encontrar




Essa é a simpática SkitterBot (barata) movida por controle remoto, ela possui as pernas robóticas mais rápidas do mundo, percorrendo 30,48 cm por segundo, de acordo com a sua fabricante, a Deskpets. Onde encontrar


À primeira vista, o Nabaztag (coelho) parece apenas um bichinho fofo. Mas esse coelhinho moderno manda e recebe arquivos MP3 e avisa quando seu dono recebe e-mails. Quer mais? Ele informa, em alto e bom tom, a previsão do tempo e as últimas notícias do dia, além de funcionar como relógio e despertador. Onde encontrar

Wrex The Dawg (cachorro/gato) é um cão bem peculiar, para não dizer mal-educado. Mas são seus maus hábitos que garantem seu charme. Além de falar, latir e fazer gracinhas, como esfregar o bumbum no chão, Wrex também espirra, finge que faz xixi e, pasme, solta até pum! Apesar das manias estranhas, o robô pode ser útil quando programado como cão de guarda, latindo para intrusos. E se o dono se cansar de ter um cachorro em casa, não tem problema. Wrex também pode ser programado para fingir que é um gato! Onde encontrar

Apesar do preço pouco camarada, (9.500 reais) a foca-robô Paro (foca) é tão especial que o Wall Street Journal garantiu que o bichinho de pelúcia funciona como um eficiente equipamento terapêutico. Tal como uma foca de verdade, Paro emite sons, abre e fechas os olhos e responde a estímulos, mas sua melhor qualidade mesmo é ter um efeito calmante sobre as pessoas. Considerado o brinquedo mais terapêutico do mundo, Paro ajuda na recuperação de adultos e crianças com problemas de saúde. Onde encontrar

Fonte: bomdehumor.com.br
Imagem: google

5 comentários:

Leila Franca disse...

Oi Josy,

O coelhinho até que é bonitinho, mas ter uma barata de estimação e que corre desse jeito é demais. Acho que a barata é pra assustar os outros...kkkk Muito lindos, mas prefiro meus bichos de verdade, com xixi e cocô. É chato limpar, mas a gente acostuma.

linkpremiadoblog disse...

No final de semana tivemos mais de 100.000 acessos, a troca de links está funcionando muito bem!
Obrigado por seu post! Seu link já foi publicado! Sabia que o prêmio aumentou? Agora são R$ 1.000,00!
Os editores pediram e Link Premiado atendeu! A troca de links já esta disponível ... aqui>>>>>> http://www.linkpremiado.com.br/link/troca aproveite!
Atenciosamente.
Antoani/Equipe Link Premiado
http://www.linkpremiado.com.br

Fatima Zanin disse...

Bem interessante,mas prefiro os bichinhos reais.
Abraço.

Beth Muniz disse...

Oi Josy,
Amiga, sou mais totó pulguento.rsrsrsrs
Beijão.

Anônimo disse...

Oi Josy!

Legal a postagem,Acho essa coisa, um tanto quanto louca. Mas, em se tratando de animais de estimação,"prefiro ao vivo, e em cores". Vou sempre preferir, os bichinhos de verdade. Adoros cães, e sou apaixonada pela "joaninha", acho a "coisinha", mais linda do mundo!! rs! rs!

Bjo grande!!
Malu

Postar um comentário