23 março 2010

Como uma onda...

“...Meu avô me levou ao lago da fazenda quando eu tinha sete anos e me pediu para jogar uma pedra na água."
"Recomendou que eu prestasse atenção aos círculos criados pela pedra. Então me pediu para pensar em mim como essa “pessoa Pedra”.
 "Você pode criar muitos impactos na vida, mas as ondas provocadas por esses impactos irão perturbar a paz de todas as outras criaturas”, disse ele. “lembre-se que você é responsável pelo que colocou em seu círculo e que seu círculo também tocará em muitos outros círculos. Você precisará viver de uma forma que permita que o bem que sai de seu círculo envie a paz dessa bondade para os outros. E o impacto que vem da raiva ou da inveja enviará também esses sentimentos maus para os outros círculos. E você será responsável por uns e outros.



Foi a primeira vez que percebi que cada pessoa cria a paz interior ou a discórdia que flui para o mundo. Não podemos construir a paz mundial se estivermos emaranhados em conflitos internos, ódios, dúvidas ou raivas. “Nós irradiamos os sentimentos e pensamentos que guardamos dentro de nós, quer os exteriorizemos ou não. O que quer que se passe dentro de nós se espalha pelo mundo, criando beleza ou discórdia frente a todos os outros círculos de vida”
Texto extraído do livro As Cartas do caminho Sagrado, de Jaime Sams.

As imagens, textos e poemas deste post., estão hospedados na própria Internet. Caso alguém sinta- se lesado pela não citação da autoria, basta fazer contato que daremos os créditos ou tiramos a postagem do ar. Desde já, agradecemos à compreensão e colaboração de todos. Obrigada.

7 comentários:

Fernandez disse...

Olá amiga Jo!
Certamente nós propagamos ondas, sejam elas boas ou ruins. É importante, sempre que possível, emitirmos ondas boas, de paz, amor e harmonia.
Adorei o texto e a mensagem.
Beijo no coração, Fê.

arte-e-manhas-arte disse...

Olá Josy,

Sem dúvida que os nossos sentimentos e o nosso comportamento vai influenciar todas as pessoas à nossa volta. O nosso dever é que essa influência seja positiva!

Beijocas
Luísa

Alexandre Lima disse...

Olá Josy adorei o texto, sabemos que não podemos mudar o mundo por completo mais pelo menos ddeixar as pessoas em volta mais felizes.


Um grande abraço.

Beth Muniz disse...

Olá,
Sabe, um dos meus truques para superar os momentos menos bom? É repetir seguidamente: "Não tenho tudo que amo, mas, amo tudo que tenho".
É mais ou menos isto que apreendi da mensagem. Nada de sentimentos negativos. As vezes, balançamos...somos humanos afinal. Mas, sempre em frente.
Grande beijo.

Pérola disse...

Os impactos q busco são bem mais tranquilos quase ñ causam estragos rs.
Foi se o tempo dos Tsunamis rsrsrsrsr.
beijokas.

Genilda Silva disse...

Somos cada um como o elo de uma corrente. O impacto que um sofre, o outro pode sofrer também por estar de algum modo ligado ou próximo.
Escritura Viva

Lidia Ferreira disse...

Ola minha querida desculpe a demora de responder seu e-mail , e que estava numa correria por causa do outro blog que alias a Lidia ganhou rsrs
amei seu blog , me apaixonei pela banana rsrs
o texto e ótimo , ja estou te seguindo e levei seu banner
bjs

Postar um comentário