06 dezembro 2012

Os cães mais populares

Desde filhotes que se encaixam em bolsas até aqueles que parecem ser adequados para um estábulo, as raças de cães variam em tamanho, forma, temperamento e aparência. Os seres humanos podem escolher cães devido a características que consideram úteis, ou apenas por eles serem tão fofinhos. E todos são muito amados por seus donos. Confira a lista das raças mais populares: 


11) SHIH TZU

Este cão de estimação tem um modo de andar distintamente arrogante, com a cabeça bem erguida e a cauda curvada sobre as costas. O Shih Tzu foi o animal de estimação da realeza chinesa por mais de mil anos. 



10) GOLDEN RETRIEVER
 

Este cão inteligente foi criado para o Lord Tweedmouth, que queria um retriever adaptado ao clima, terreno, e jogos de caça escoceses. Assim, ele cruzou o “Yellow retriever” com o agora extinto “Tweed Water Spaniel”. Mais tarde, cruzamentos de “Irish setter”, “bloodhound” e outro “Tweed Water Spaniel” produziram o Golden Retriever de hoje. Sua mentalidade forte não só o torna um caçador soberbo, mas também um guia ideal para busca, salvamento e assistência.

 
9) BEAGLE
  

Talvez o indivíduo mais conhecido desta raça, Snoopy, não dê uma imagem verdadeira dos beagles. Eles não são parecidos com os humanos (e não se confundem com eles), e sim são perspicazes cães de caça com um temperamento muito alegre, características que fizeram do beagle uma das raças mais populares nos Estados Unidos. Em 1500, senhores ingleses caçavam com beagles. Os cães maiores controlavam cervos enquanto os menores farejavam coelhos. 

 
8) BOXER

Conhecido por ficar em pé sobre as patas traseiras para brigar com um oponente, esta raça de cão parece estar lutando boxe com as patas dianteiras. Na realidade, quando se desenvolveu na Alemanha no século 19, os boxers foram utilizados para brigas de cães, bem como para impedir que animais grandes como javalis escapassem até que o caçador chegasse. Apesar de terem sido usados para brigas de cães, o boxer é hoje mais conhecido por seu amor pelo carinho humano, especialmente de crianças. 

 
7) BASSET




O basset ou “cachorro salsicha” foi criado para ser um canino longo e destemido que pudesse cavar em tocas de texugo e “lutar até a morte” com eles. Apareceu primeiramente na Alemanha no início de 1600, ele não se tornou popular nos outros lugares até o início de 1900. Durante a I Guerra Mundial a popularidade do cão diminuiu, não recebendo muita atenção até depois do fim da guerra. Dois tamanhos existem hoje: padrão (pesando cerca de 7 a 14,5 kg) e miniatura (5 kg).
 
 
6) BULDOGUE
 


Este cão deve sua popularidade à sua natureza e aparência adorável – quem consegue resistir a sua face achatada e enrugada? Seus narizes achatados, porém, podem torná-los suscetíveis ao superaquecimento, pois os cães se esfriam através da respiração. Com um nariz mais curto, há menos área de superfície sobre a qual a troca de calor pode ocorrer. Apesar de ser extremamente afetuoso o buldogue recebeu este nome devido à sua ligação com brigas de touros nas Ilhas Britânicas. Os primeiros buldogues eram cachorros de briga e tinham de ser ferozes e quase insensíveis à dor. Depois que a prática se tornou ilegal na Inglaterra em 1835, os criadores de cães decidiram se livrar da mordida do buldogue. Dentro de apenas algumas gerações, o cão se tornou a personificação da doçura.



5) POODLE
 

Apesar do que seus cachos podem lhe fazer crer, o poodle não é um brinquedo macio. É mais esperto em esportes e excelente no treinamento de obediência. Primeiro criado na Alemanha como um retriever (característica de cães de busca) da água, o penteado poodle foi concebido por caçadores para ajudar os cães a se mover mais eficazmente através da água. O cabelo protege os órgãos vitais e as articulações mais vulneráveis ao frio. É também usado frequentemente em espetáculos e mantido como um animal de estimação mimado. O poodle foi o cão de estimação mais encontrado nas casas durante o reinado de Luís XVI em França. 




4) YORKSHIRE TERRIER




Yorkies, como são carinhosamente chamados, fazem parte do grupo de cães de estimação (ou cães de brinquedo, uma categoria que também inclui o Chihuahua), e pesam entre 1,8 e 3,2 kg. Seu nome vem da cidade da Inglaterra onde se originou. Os cãezinhos, no século 19, eram usados para caçar ratos nas fábricas de vestuário. Embora hoje este cão portátil seja um acessório dos ricos e famosos, a raça já pertenceu à classe trabalhadora, especialmente tecelões.     


3) PASTOR ALEMÃO



O pastor alemão é padrão ouro quando se trata de cães guardas, policiais ou militares. A raça foi derivada de uma mistura de pastoreio e cães de fazenda e se originou em 1899 em Karlsruhe, Alemanha. Sua estréia na América ocorreu em 1907. O pastor alemão esta sempre presente na lista dos cães mais populares.


2) lABRADOR


Considerada a raça mais popular no Reino Unido e na América do Norte, este canino teria chegado a Newfoundland, no Canadá, levado ou pelos portugueses ou pelos bascos, ou ainda pelos exploradores escandinavos. Lá desenvolveu-se sob o nome de pequeno cão de st. jonh. Levados à Inglaterra, foram vendidos aos ricos proprietários de terras, tendo então seu nome modificado para labrador, graças ao conde de Malmesbury, o primeiro a chamá-lo desta forma. Esta raça, em 1950, ainda era usada como trabalhador rural, quando passou a ser considerada excelente para companhia, graças a sua personalidade juvenil, sua tolerância e sua necessidade de brincar. Em tempos mais modernos, passou ainda a ser utilizada como raça de busca e resgate em montanhas, e como guia de cegos, além de ser uma das mais utilizadas em terapias. 
 
 
1) VIRA-LATA
 
 
E, é claro que nesta lista não poderia faltar o bom e velho vira-lata ou simplismente SRD (Sem Raça Definida), como são geralmente referenciados em textos veterinários. O termo vira-lata deriva do fato de muitos desses animais, quando abandonados, serem comumente vistos andando famintos pelas ruas revirando latas a procura de algum alimento. Um dos aspectos mais interessantes do vira-lata é a sua variedade. Encontram-se SRDs de todas as cores e tipos, de todos os temperamentos. Ainda existem algumas características, como o fato de que costumam ser muito inteligentes e afetuosos, variando de acordo com as características herdadas. Normalmente o SRD resgatado das ruas tem um temperamento mais dócil, companheiro e vigilante que os outros cães. E  quem nunca teve ou tem um que atire a primeira pedra.

Fonte: wikipédia.com/hypescience.com
Imagem; google


3 comentários:

Anônimo disse...

no caso do Item 7: Voce descreve uma raça que se chama Dachshund (onde dachs é texugo em alemao), tambem esta certo o nome de Teckel pra essa mesma raça, ainda que seja bastante conhecida no Brasil como Salsicha ou Cofap, pelo antigo comercial da TV. Ja a foto que voce apresenta é de um Basset Hound, cao de origem Inglesa e nao Alema.

Joana Neves disse...

Olá amiga querida!! :) Apesar de ainda faltarem umas semanas para o natal, como são muitos os amigos vim antecipando os presentinhos e, assim, oferecer um miminho natalício (é só escolher lá no My Lovely Blog).
Aproveito ainda para desejar um feliz e santo natal para si e para a sua família! :)
"O verdadeiro espirito de Natal está na confraternização, naquele momento em que amigos e familiares se reúnem, para festejar o fim de ano, o nascimento de jesus. O verdadeiro espírito natalino que nada mais é do que a paz e o amor entre os homens de boa vontade."

Beijinhos, Joana Neves
http://joana-neves.blogspot.pt

Beth Muniz disse...

O Vira-Lata é tudo!
Ele vira lata, barril, tonel e o que estiver pela frente...
Mas carinhoso e fiel impossível...
Josy querida,
Beijo.
Fui!

Postar um comentário