10 julho 2012

Coisas leves e únicas

No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas
que o vento não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia,
o próprio vento...

(Mário Quintana)


Fonte: pensador.uol.com

6 comentários:

Vanda disse...

Adoooro os poemas de Mario Quintana.

Linda tarde! Beijinhos

soninha. disse...

Inigualável Quintana! show!
abraços e paz.

Beth Muniz disse...

Meu Favorito!
Sou apaixonada pelo Poeminha do Contra.
Beijo querida.

SURPRESAS DA VIDA disse...

Lindo poema do Mario Quintana.
Abraços

Maria Marçal disse...

O que dizer sobre o inigualável Homem que mexeu com nossa alma: Mário Quintana?!!!
Lindo,lindo...

beijos,amiga.Saudades tuas.
Maria Marçal - Porto Alegre - RS

Cecilia sfalsin disse...

"Sentimentos" Coisas leves, únicas e verdadeiras, são mais fortes que o vento, porém leves para a alma...

Excelente escolha....

Beijos Josy...

Obs: postei o meme ao qual me indicou..quando tiver um tempinho, passa lá...

Postar um comentário