25 abril 2011

A porta ao lado

Em entrevista dada pelo médico Dráuzio Varella, disse ele que nós temos um nível de exigência absurdo em relação à vida; queremos que absolutamente tudo dê certo, e que, às vezes, por aborrecimentos mínimos, somos capazes de passar um dia inteiro de cara amarrada.
E aí ele deu um exemplo trivial, que acontece todo dia em nossas vidas. É quando um vizinho estaciona o carro muito encostado ao seu na garagem (ou pode ser na vaga do estacionamento do shopping).

Em vez de simplesmente entrar pela outra porta, sair com o carro e tratar da sua vida, você bufa, pragueja, esperneia e estraga o que resta do seu dia. Eu acho que esta história de dois carros alinhados, impedindo a abertura da porta do motorista, é um bom exemplo do que torna a vida de algumas pessoas melhor, e de outras, pior.

Tem gente que tem a vida muito parecida com a de seus amigos, mas não entende por que eles parecem ser tão mais felizes. Será que nada dá errado pra eles? Dá aos montes. Só que, para eles, entrar pela porta do lado, uma vez ou outra, não faz a menor diferença. O que não falta neste mundo é gente que se acha o último biscoito do pacote. Que "audácia" contrariá-los!

São aqueles que nunca ouviram falar em saídas de emergência: fincam o pé, compram briga e não deixam barato. Alguém aí falou em complexo de perseguição? Justamente. O mundo versus eles. Eu entro muito pela outra porta, e às vezes saio por ela também. É incômodo, tem um freio de mão no meio do caminho, mas é um problema solúvel. E como esse, a maioria dos nossos problemões podem ser resolvidos assim, rapidinho. Basta um telefonema, um e-mail, um pedido de desculpas, um deixar barato.

Eu ando deixando de graça...

Pra ser sincero, vinte e quatro horas têm sido pouco pra tudo o que eu tenho que fazer, então não vou perder ainda mais tempo ficando mal-humorado.

Se eu procurar, vou encontrar dezenas de situações irritantes e gente idem; pilhas de pessoas que vão atrasar meu dia. Então eu uso a “porta do lado” e vou tratar do que é importante de fato. Eis a chave do mistério, a fórmula da felicidade, o elixir do bom humor, a razão por que parece que tão pouca coisa na vida dos outros dá errado. "Quando os desacertos da vida ameaçarem o seu bom humor, não estrague o seu dia... Use a porta do lado e mantenha a sua harmonia.

Lembre-se, o humor é contagiante - para o bem e para o mal - portanto, sorria, e contagie todos ao seu redor com a sua alegria.

"Porta ao lado" pode ser uma boa entrada ou uma boa saída...

Experimente!!!

Autor: Dr. Dráuzio Varella

7 comentários:

Maria Marçal disse...

Josy...
Quantas verdades...

Eu te confesso que fico mirando por horas aquela porta que se tornou um empecilho antes de me decidir se saio pelo lado ou se esbravejo.

Na maioria das vezes, saio como tu deixando para trás o que me incomoda.

No entanto, este estado de espírito vem com o tempo... amadurece vagarozamente e, por mais que se critique, até é bom que aconteçam as tolerâncias com mais vagar porque numa próxima o cérebro já vai ter o colocado no automático.

beijos, linda. Saudades.

Maria Marçal - Porto Alegre - RS

Eninha Campos disse...

Josy, sempre reclamamos né? :) Eu tb, hehe ...
Dou uma reclamadinha básica mas entro sempre pela "porta do lado" e ainda deixo um abraço Hihi
beijinhos !
Eninha

Principe Encantado disse...

Certíssimo, essa entrada ou saida muitas vezes os mostram verdades. Gostei do post amiga nota 10 .
Abraços forte

soninha. disse...

Pois É,menina!Mas tem gente que gosta de confusão...rs.bjs

Beth Muniz disse...

Oi querida Josy,
Sabe aquela música, "Viver e não ter a vergonha de ser feliz"...
Então, é assim que levo a vida e a deixo me levar...
Grande beijo.
Fique com o Cara!

Lety disse...

Oie
Nossa como a Maria disse "quantas verdades" muito legal e interessante sua matéria entre no meu blog e deixe seu comentário sobre as meus primeiros posts. Beijos
www.letyciamystery.com

Lety disse...

oie
Como a Maria disse "quantas verdades" muito interessante seu post entre no meu blog e deixe seu comentário sobre os meus primeiros posts. Beijos
www.letyciamystery.blogspot.com

Postar um comentário