26 novembro 2010

Vacina da Alma



Não grite.
Não permita que o seu modo de falar
se transforme em agressão.
Conserve a calma.

Ao falar evite comentários
ou imagens contrárias ao bem.
Evite a maledicência.

Trazer assuntos infelizes à conversação
lamentando ocorrências que já se foram
é requisitar a poeira de caminhos já superados
complicando paisagens alheias.


Abstenha-se de todo adjetivo desagradável
para pessoas coisas e circunstâncias.
Atacar alguém será destruir hoje
o nosso provável benfeitor de amanhã.
Responda serenamente em toda questão difícil.

Na base da esperança e bondade
não existe quem não possa ajudar conversando.
Guarde uma frase sorridente 
e amiga para toda situação inevitável.

Da mente aos lábios
temos um trajeto controlável
para as nossas manifestações.
Fuja a comparações
a fim de que seu verbo não venha a ferir os outros nem a si mesmo.

fonte: crosinha.wordpress.com
Imagem: Google

6 comentários:

Principe Encantado disse...

Muito boa mensagem de paz amiga, nota 10 . Parabéns pela escolha.
Abraços forte

Valéria Braz disse...

Adorei amiga.... sempre carrego comigo que "Se não tenho nada de bom para falar de algo ou de alguém, prefiro não dizer nada".
Beijo no coração

Beth Muniz disse...

Oi querida amiga,
Muito interessante este texto.
Realmente o descontrole ao falar pode nos levara situações irreparáveis.
Nunca fui adepta do grito. Assim como do “quem cala consente”.
Às vezes nos calamos para que a nossa força interior não se destrua, fazendo-nos ficar sem horizontes...
Palavras pesam. Quase sempre, muito mais que imaginamos.
Gostei muito.
Grande beijo.

Marivan disse...

Essa reflexão é simplismente maravilho,
parabéns Josy e um grande abraço,
Marivan

Victinho disse...

Josy é como eu digo, não tem nada a acrescentar de bom, então boca fechada.
Excelente post,
bjs,
Vitor.

Mi reabilite disse...

Arrasou, curti a msg! Faz a gente refletir!

Bjoss
Mi

Postar um comentário