24 agosto 2010

Caipira sim, Senhor!

Às vezes quando estamos em ambiente novo, no trabalho, ou em lugar estranho, o povo tira sarro da gente! Então o que é preciso fazer? Igualmente ao caipira da roça.

Conta-se que numa pequena cidade do Sertão da Bahia um grupo de pessoas se divertiam com o idiota da roça. Um pobre coitado de pouca inteligência que vivia de pequenos biscates e esmolas.

Diariamente eles chamavam o bobo onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas - uma grande de 400 réis e outra menor, de dois mil réis. Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos.

Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda não havia percebido que a moeda maior valia menos.

"Eu sei" - respondeu o não tão tolo assim - "ela vale cinco vezes menos, mas no dia que escolher a outra, a brincadeira acaba e não vou mais ganhar minha moeda."

Pode-se tirar várias conclusões dessa pequena estória.

A primeira: quem parece idiota, nem sempre é.
A segunda: quem eram os verdadeiros tolos da estória?
A terceira: se você for ganancioso, acaba estragando a sua fonte de renda.

Mas a conclusão mas interessante é: a percepção de que podemos estar bem, mesmo quando os outros não têm uma boa opinião a nosso respeito.

Portanto, o que importa não é o que pensam de nós, mas o que realmente somos.

"O maior prazer de uma pessoa inteligente é bancar o idiota diante de um idiota que banca o inteligente!"

Clica e vota em Mim!!!


As imagens, textos e poemas deste post., estão hospedados na própria Internet. Caso alguém sinta- se lesado pela não citação da autoria, basta fazer contato que daremos os créditos ou tiramos a postagem do ar. Desde já, agradecemos à compreensão e colaboração de todos. Obrigada.

4 comentários:

Link disse...

Gostei! Parabéns!

Excelente post! Muito bom! Seu link já foi publicado!

Bons votos!

Atenciosamente.

Antoani/Equipe Link Premiado
http://www.linkpremiado.com.br

jefhcardoso disse...

Josy, entre o sonho e a realidade eu prefiro a realidade que me permita sonhar. http://jefhcardoso.blogspot.com

Beth Muniz disse...

Grande!
Minha amiga, li um post agora, que tem uma mulher (acho que americana) com fobia a todo tipo de banana.
Mandei ela ficar bem longe do Banana com Farinha! kakakaka...
Beijão.

soninha disse...

Tinha que ser baiano...rs!Primo do Ruy.bjs

Postar um comentário