13 março 2010

Que Saco!

Desde que o inglês Alexander Parkes inventou o primeiro plástico em 1862 a plasticomania tomou conta do planeta. O novo material sintético reduziu os custos dos comerciantes e incrementou a sanha consumista da civilização moderna.

Feitos de resina sintética originadas do petróleo, esses sacos não são biodegradáveis e levam séculos para se decompor na natureza.

A verdade é que os estragos causados pelo derrame indiscriminado de plásticos na natureza tornou o consumidor um colaborador passivo de um desastre ambiental de grandes proporções.

E a natureza bem a sua maneira, usando uma linguagem própria traduzida por enchentes, maremotos, terremotos e tsunamis é a natureza em fúria nos pedindo socorro, pedindo-nos respeito. E para o bem do nosso querido planeta, vamos tentar reduzir o consumo de sacos plástico usando sacolas reutilizável. Veja o vídeo da  campanha "Saco é um saco. Para nós, para a cidade, para o planeta e para o futuro"


Fonte: ecolnews.com.br
As imagens, textos e poemas deste post., estão hospedados na própria Internet. Caso alguém sinta- se lesado pela não citação da autoria, basta fazer contato que daremos os créditos ou tiramos a postagem do ar. Desde já, agradecemos à compreensão e colaboração de todos. Obrigada.

9 comentários:

Felina Mulher disse...

É o planeta pedindo socorro!!!

Bom dia pra ti menina linda...beijos.

Beth Muniz disse...

Olá,
É verdade. É um saco mesmo. Eu já não uso quando vou ao mercado. Comprei aquela sacola ecológica e uso sempre.Saco além de ser um saco, só serve para emtupir os bueiros a alagar as ruas. Tô fazendo a minha parte.
Grande beijos e bom final de semana.
Ah! um abraço para a Bahia.

Everson Russo disse...

Vamos ajudar a salvar nosso planeta...beijos de otimo sabado.

Fernandez disse...

Olá amiga Josy.
Uma linda campanha. Muito original.
Espero que todo mundo perceba que saco é um saco e começe a ajudar mais nosso pobre planeta. :-)
Beijo no coração, Fernandez.

deste-mundo-e-de-outros disse...

Josy,

Sem dúvida. Nós somos muito preguiçosos e temos muita culpa neste processo. Sabes, ofereceram-me um excelente saco reutilizável, onde cabem montanhas de compras. acreditas que 50% das vezes me esqueço de o levar ao supermercado? Vou ter mais atenção!

Beijocas e bom fim de semana!
Luísa

Pérola disse...

Muito enriquecedora a sua postagem.
O q vc me diz dos malditos isopores?
Parabéns menino por nos ofertar textos dessa natureza,é importante estarmos atualizados.
Um beijo grande.

Sissym disse...

Eu me lembro perfeitamente quando os sacos ou pacotes nos mercados eram feitos apenas de papelão simples. Como lembro bem disso. Quando vi os primeiros sacos plastico achei uma temeridade. Não estava errada. O que reprovei no passado, hoje realmente é um enorme problema ambiental. Precisamos mudar esta idéia. Já em outros países, sacolas de brim ou similares, são vendidas baratinhas para incentivar o não uso das sacolas plasticas. Atualmente algumas lojas comerciais brasileiras estão aderindo. Mudemos, portanto.

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

Oieeee!

vim ver as novidades e te desejar um ótimo fds!
=D


(\ï/).........(\ï/)...........(\ï/)...........(\ï/)...........(\ï/)
(/l\).........(/l\)...........(/l\)...........(/l\)...........(/l\)


(\_(\
(-':'-)
(")_(") Miguinho(a)


As pessoas se assemelham muito a caixinhas de músicas...

Algumas têm muitos adornos, mas por dentro estão vazias..

Outras quase não têm adornos, mas, por dentro,

guardam delicadamente grandes tesouros..

Outras, quando as abrimos,

Mostram-nos um interior tão complicado

que nos perdemos entre seus labirintos...

E há aquelas que são tão transparentes

Que na primeira olhada já sabemos como vão atuar sempre...

Sempre me ocorreu que as pessoas são como caixinhas de músicas...

Que só as conhecemos e conseguimos amá-las ao ouvir sua música interior...

Porque essa música tem alguma coisa de mágica e reflete a beleza de sua alma.


(autor desconhecido)


(\ï/).........(\ï/)...........(\ï/)...........(\ï/)...........(\ï/)
(/l\).........(/l\)...........(/l\)...........(/l\)...........(/l\)

Sônia Silvino disse...

Precisamos cuidar da nossa casa urgente: o planeta está pedindo socorro há tempo!
Bjkas e bom domingo!

Postar um comentário