08 outubro 2009

Dia do Nordestino


O Nordeste foi primordialmente habitado pelos homens da Pré-História, posteriormente pelos índios, que antes da colonização ajudavam os europeus na extração do pau-brasil em troca de especiarias, era o escambo; mas foi durante o período de colonização que eles foram sendo incorporados ao domínio europeu ou eliminados, devido as constantes "batalhas" contra os senhores de engenhos.


A região foi o palco do descobrimento (termo utilizado para se referir ao início do processo de colonização do Brasil), os primeiros colonizadores foram os portugueses que chegaram no dia 22 de abril de 1500, ao comando de Pedro Álvares Cabral, na atual cidade de Porto Seguro, no estado da Bahia.

Foi no litoral nordestino que se deu início a primeira atividade econômica do país, a extração do pau-brasil. Países como a França, que não concordavam com o Tratado de Tordesilhas, realizavam constantes ataques ao litoral com o objetivo de roubar aquela madeira tão apreciada na Europa.

A cidade de Salvador foi a primeira sede do governo-geral no Brasil, pois estava, estrategicamente, localizada em um ponto médio do litoral. O governo-geral foi uma tentativa de centralização do poder para auxiliar as capitanias, que estavam passando por um momento de crise. A atividade açucareira é até hoje a principal atividade agrícola da região.


A cultura nordestina também é bastante diversificada, uma vez que foi influenciada por indígenas, africanos e europeus. Os costumes e tradições muitas vezes variam de estado para estado.



Recife, Olinda e Salvador atraem milhões de pessoas no carnaval. A capital pernambucana está no livro dos recordes Guinness por ter o maior bloco carnavalesco do mundo, o Galo da Madrugada. Em Salvador a festividade fica por conta dos trios elétricos que percorrem a cidade.


O São João é sem dúvida o festejo mais comum na região oriundo de Campina Grande e Caruaru disputam o título de maior São João do mundo, em ambas as cidades os festejos duram o mês de junho inteiro. Outras cidades como Aracaju, Juazeiro do Norte, Mossoró,Teresina e Patos possuem comemorações mais modestas (cerca de quinze dias), e disputam o título de terceira maior festa.


Fonte: (Wikipédia)
Sertão Nordestino


2 comentários:

Anônimo disse...

Foram os Nordestinos que quando tudo começou e Cabral aqui chegou. Lutaram mataram e morreram por este pais e hoje são totalmente desprezados, discriminados e esquecidos.

Eta povinho sem memória!
Bela Lembrança!
Parabéns

Reino da Fantasia disse...

Muito bom o seu texto.Preferi mostrar a beleza do nosso litoral. bjss

Postar um comentário